novembro 21 2017 0comment

Casa em L, cuidado com a iluminação e ventilação

Veja minha experiência com uma casa em L e os problemas que encontrei com a iluminação natural do ambiente e a pouca ventilação natural que este modelo proporciona.

A famosa casa em L é um modelo de casa cuja planta simula uma letra L e é um tipo de construção bastante comum no Brasil. Geralmente usada quando alguém quer fazer a construção no fundo do terreno a fim de aproveitá-lo melhor pensando talvez em uma futura construção na parte da frente do terreno.

Como vendi minha casa com a finalidade de fazer uma nova construção em outra parte da cidade, tive que alugar uma casa temporariamente e esta casa que aluguei é uma casa em L. Embora seja uma boa casa, percebi duas sérias deficiências nela: A iluminação e a ventilação. Como esses dois fatores influenciam no conforto e inclusive na conta de luz, resolvi compartilhar essa experiência para que outras pessoas possam avaliar bem seus projetos antes da construção.

Iluminação

A iluminação ficou bastante prejudicada na sala da casa. A sala fica bem na curva do L e a luz natural tem pouca penetração neste cômodo. O resultado é o uso da luz artificial até durante o dia. Na verdade isto não deve acontecer em todos os casos, aqui o problema foi agravado por uma varanda que acaba abafando também a luz natural. Veja o rascunho abaixo que fiz da planta da casa.

Ventilação

Mas o fator mais preocupante é a ventilação. Como a casa foi feita na divisa, não há área de escape par o ar, assim, mesmo que tenha portas e janelas na frente, o ar não tem para onde sair no fundo e, portanto a ventilação é bloqueada. Resultado: uma casa muito quente. Como não bastasse isso ela fica muito exposta ao sol da tarde, contribuindo muito para o aumento de calor, especialmente no final da tarde e a noite.

O problema do calor

O Brasil é um país tropical, esta expressão é muito comum e você já deve ter ouvido falar muito dela. Mas o que isto significa? Bem, isto quer dizer que a posição geográfica do Brasil está localizada nos trópicos do Equador e de Capricórnio. Quando mais próximo você estiver da Linha do Equador, mais quente tende a ser e mais regular tende a ser os períodos de calor. Quando mais distante estiver desta linha, mais irregular tende a ser os períodos de temperatura, isto é, frio e calor, mas um calor mais brando.

Com isso, o Brasil é um dos países mais quentes do mundo, não o mais quente, mas ele entra no grupo dos mais quentes. Com isso a preocupação na construção de uma casa, deve levar em conta este fator.

Projeto térmico

Para resolver ou pelo menos para amenizar este problema, os arquitetos trabalham com o projeto térmico que pode ser feito isoladamente ou como parte de um projeto de uma casa qualquer. Isto significa que ao projetar uma casa é preciso levar em conta a questão do calor e permitir áreas de ventilação e em muitos casos usar recursos e materiais que venham trazer o conforto térmico. Entre as técnicas que podem ser usadas para uma casa em L ou outros tipos de construção estão:

Ventilação cruzada. Permitir a entrada de ar de um lado e a saída do outro lado.
Manta térmica no telhado. A manta térmica é uma película de alumínio que evita que o calor do sol penetre na casa
Telhas brancas. Também refletem os raios solares
Telha sanduíche. Formada por duas camadas de aço galvanizado e no meio uma cada de isopor. É uma nova estratégia para conter o calor do sol
Pintura refletida. Há um produto no mercado que promete resolver o problema de calor pela incidência dos raios solares através de uma pintura que bloqueia os raios solares. Ela pode ser aplicada na parede ou no telhado
Entre outros.

Conclusão

Eu não quero com isso dizer que o modelo de casa em L deve ser evitado, mas que ele precisa ser bem planejado dentro do espaço que você tem no terreno levando em conta os fatores acima expostos. Pense como será a ventilação da casa, isto é muito importante e também como será a exposição dela ao sol, especialmente o sol da tarde que é mais forte.

No meu caso a solução teve de ser ventiladores de teto em cada cômodo e agora adotei um ar condicionado, que resultará assim no aumento significativo da conta de luz. Pense nisso.

Tira-dúvidas

Toda casa em L terá este problema?

Não necessariamente. A casa em L tem esta deficiência e neste sentido é possível dizer que todas terão o problema, contudo, dependendo da incidência do sol ou do tratamento térmico que for feito, o problema poderá ser minimizado. Se ao construir você identificar que poderá ficar sem ventilação cruzada, é possível criar alternativas como claraboias ou até um pequeno jardim de inverno no canto com abertura vertical. São soluções simples e possíveis de ser definidas antes da casa ficar pronta.

Por que um jardim de inverno ajudaria?

Porque com ele haveria a possibilidade de criar a chamada ventilação cruzada, onde o ar entra por uma porta ou janela e sai do outro lado pelo jardim de inverno ou ao contrário. Neste sentido o benefício dele seria grande também para promover entrada de luz natural, evitando assim que a sala fique escura.

Que outra solução mais simples pode ser tomada?

Se as opções acima não for viável ou possível, dá para improvisar um método caseiro e que funcionaria em algumas situações, como a noite. Durante a noite a temperatura externa cai, mas nem sempre acontece isso internamente, já que a casa ficou exposta ao sol o dia todo e não tem circulação de ar interno.

Neste caso, quando a temperatura começar a cair lá fora, coloque um ventilador bem potente do lado de fora soprando ar mais frio para dentro de casa, através de uma porta ou janela. Então você forçará a ventilação interna e na medida em que a temperatura for caindo, vai melhorar a temperatura interna também.

Fonte: Casa e Dicas

bruno